... Podia ser uma história linda. Um atleta mundialmente conhecido como o mais rápido da história, três vezes medalhado, só nestes últimos jogos Olímpicos, que se apaixona por uma jovem inocente brasileira, e não resistindo um ao outro acabam nos braços um do outro entre lençóis e uma camisolinha branca de alças. Poder podia, mas não era a mesma coisa! Aqui o que acontece é que  a jovem brasileira, esperta que nem um rato (neste caso rata) foi para a cama com Usain Bolt sabendo exatamente para o que ia. Não se iludam! O objetivo dela, não era uma longa noite de prazer (ou rápida, depende do ponto de vista e a fama do homem). O objetivo desta rapariga era rentabilizar ao máximo o facto de ter dentro de si o atleta. Ele pagará um fatura cara porque traiu a namorada, mas não tão cara que o faça ficar sozinho. A factura verdadeira é mais uma coisa de carácter, que nem todos vão entender porque ele tem muitas medalhas em casa. A rapariga, que aproveitou a oportunidade tem um nome na minha terra. Um nome que prefiro não dizer, mas que prova que nos dias que correm vale tudo para ganhar dinheiro ou fazer fama. Não foram só as fotografias publicadas, foram os relatos nojentos que resolveu fazer ao Daily Mail. São detalhes que interessam às pedras da ruaa ela a ele e a mais ninguém, mas ela conta. Conta. Conta e repete. É pequena, não de altura, que não a conheço, mas de mente. E é pobre, não só de dinheiro, que isso não tem culpa. Acima de tudo de espírito, que é sempre a pior miséria... Ah! E é malandra, que lavar escadas é difícil e ganha menos do que ganha com isto. Isso é certinho!


Leiam também um destes posts: 



... Não sei de verdade o que se passa no coração de Liliana Aguiar no que toca a José Carlos Pereira, mas foi brilhante a maneira que encontrou para confirmar ao mundo que está grávida. Frente a frente com Cristina Ferreira, fala dos seus estados de alma, sem pudor nem medo. Trata o assunto com a seriedade que ele deve ter. Seria previsível que Liliana falasse da sua gravidez numa entrevista a uma revista, mas aceitou o convite de Cristina e, imaculadamente vestida, calçada, penteada e maquilhada, explicou o que haveria para explicar. Gosto dela. Talvez seja por isto. Porque é das poucas que em Portugal sabe que fazer parte da imprensa cor-de-rosa não é uma função menor. E neste caso ambas estiveram de se lhes tirar o chapéu. É assim que, lá fora, nos países onde a imprensa rosa é uma indústria sem preconceitos escondidos, se trata destes assuntos.

Esta e outras crónicas poderão ser lidas em TvMais.pt



Leiam também um destes posts: 




... Publiquei esta conversa que tive com a Kátia Aveiro na revista Tv Mais onde ela revelou o seu novo projeto na área empresarial: é a representante para o nosso país, e não só, dos produtos de beleza Kardashian. Falámos ainda dos segredos do seu coração. Esse coração que pode ter dono. Mas que ela diz que não! 

Estás outra vez mais magra.
Sim, um pouco. Faço questão de me manter bem, porque a minha profissão exige e porque, enquanto mulher, tenho a minha vaidade. De vez em quando ganho uns quilinhos, mas perco-os logo. Boa alimentação e exercício certo e chego lá.
Não sei se sabes, mas já estive com o António Camelier hoje, na festa... 
Já sei (risos). Sei que ele está cá, e ele tem de aproveitar, pois esta festa é mais dele que minha. Está na “casa” dele.
Mas vocês namoram ou não? 
Já te disse que não!
Mas ficam bem um com o outro..
Somos amigos há muito tempo, não vale a pena inventar-se uma história só por causa disso.
Mas ele esteve na Madeira ao mesmo tempo que tu, tu escreves textos suspeitos na internet, ele está ali e tu aqui... daqui a bocado devem trocar olhares. Não é muita coincidência? 
Não há coincidências (risos). Sou amiga, é natural que nos encontremos, que façamos coisas em comum. Não faz sentido misturar as coisas. Estou muito empenhada no meu trabalho, não tenho tempo para viver uma história de amor. Acho que viria estragar os meus objetivos!
Fala-me da novidade que vais trazer para Portugal. 
Depois de uma longa negociação está aí o resultado: consegui a licença exclusiva para Portugal, Espanha, Brasil e África dos produtos de beleza Kardashian. É, sem falsa modéstia, mais uma vitória minha no que toca ao ramo empresarial. Estou orgulhosa e satisfeita.
Mas há mais novidades, que eu sei! 
Muitas! Ainda é cedo, mas acredito ninguém estará à espera... depois de setembro logo revelarei. Tem a ver com a mulher e não com a música...






... Sabes? Estava aqui a falar comigo. Sozinho. Enfim... Estava a aqui a falar comigo e a pensar que onze anos é muito tempo. Que em onze anos as nossas vidas podem dar voltas e mais voltas e têm tempo para voltar outra vez uma na outra. Quando hoje meti a chave à porta pela ultima vez pensei, 'estive aqui provisoriamente mais de onze anos. É muito tempo, chegou o tempo de mudar!', mas a verdade é que mudar nem sempre é fácil. É cómodo não o fazer. Num instante rápido corro todas as tuas divisões, abro as portas, respiro o cheiro que tens e guardas. Por seres antiga, por teres estado o dia todo fechada com a janela do quarto aberta. Guardas um cheiro tão teu e guardas segredos. Tenho pena de cortar esta relação. Parece estúpido. Se calhar é estúpido! Mas há onze anos, tu e eu éramos diferentes. Estavas muito nua, ainda muito fria e sem um cheiro que te distinguisse das outras. Branca. Muito branca. Ambos acrescentámos cor à nossa vida. Tu estás agora mais bonita, mais organizada, mais velha! Eu, aqui estou, onze anos depois, também mais bonito, mais velho e a olhar para ti depois de ter olhado tanto por ti. Contigo pude fazer tudo, que não te queixaste nem reclamaste. Foi a ti que me encostei, e em ti que me aqueci... Sabes? Ao mesmo tempo que subia a tua escada de madeira velha, e quando meti a chave à porta pela ultima vez pensei 'Deus queira que quem te ocupe o espaço te consiga entender, ser grato pelo teu aconchego a troco de nada. Não lhes digas nada do  que aqui aconteceu. De vez em quando vou passar ali à rua, só para olhar as tuas janelas a ver se já tens luz, que é sinal que há gente lá dentro. Não te sintas sozinha, levo-te comigo o resto da vida. Levo-te a ti e o que vivi contigo. Sabes porque levo? Porque onze anos, não se podem encaixotar e levar para outro lado assim, sem mais nem menos, não é? Claro que não!'. Obrigado querida casa e mantém-te aí. Firme ao cimo da rua mais difícil de subir quando se vai de regresso.


Leiam também um destes posts:





















... Eu cá gosto de tudo o que é nacional, pronto está dito! Também gosto do que é estrangeiro, é claro, mas aquele orgulho e prazer em usar uma coisa nacional não tem igual. E por isso fiquei contente quando ouvi falar na nova concept store do Colombo, a It Market. É a loja ideal para quem anda à procura de roupa, joalharia e calçado de origem nacional e com um estilo jovem e cosmopolita. Portanto, basicamente aquilo de que todos nós andamos à procura, não é? Além destas ainda tem outras marcas vindas lá de fora, mas tudo com o carácter de exclusividade que a It Market pretende ter. Quem, como eu, de vez em quando se vê numa carga de trabalhos para arranjar esta ou aquela peça on-line, é uma ideia óptima! Ter várias marcas jovens, frescas e, até agora, de difícil acesso, num só espaço é uma ideia vencedora. Já abriu e parece que fica no primeiro piso do Colombo. Se estão em Lisboa, não há desculpa para não ir dar uma espreitadela. Metro, autocarro, pernas, tudo isto serve para andar! Estão à espera de quê? Fuuuuuui!

Leiam também um destes posts:

... Olhem o que descobri! (Magana d'uma figa!) 
... Eles podem? (eu também posso!) 
... Tal pai, tal filha! 
... Coisas de que eu gosto. Só porque sim! 
... Gostas? São para ti!


... Já havia pouca coisa para se dizer de Diana de Gales numa altura em que se aproxima a data que assinala a sua morte, mas ainda assim há sempre uma alma mais esperta que as outras todas que se resolve meter em bicos de pés e disparar um disparate que supere o anterior. Foi o que fez o guarda costas de Diana, que revela agora que a Princesa tinha um amuleto da sorte, comprado em Paris e do qual nunca se separava. Quer esta alma convencer o mundo que o amuleto era um vibrador. Eu esta parte até dou de barato, que ela podia ter um vibrador, como eu tenho pacotes de cereais guardados em casa e servem para satisfazer a minha vontade, o que duvido seriamente é que ela lhe tivesse contado e ele tivesse guardado este 'segredo' durante tanto tempo... Como sei como isto funciona, aposto que para o ano, alguém vai dizer que Diana tinha contacto directo com marcianos, e no seguinte que está a viver um romance com um deles. 


Leiam também um destes posts:



... Já sabem o que eu gosto de meu Alentejo e o que gosto mais ainda quando ele sai do lugar onde está comodamente e se mostra sem pudores e descarado ao mundo. É o que acontece na Magana, um espaço cheio de pinta que fica no Chiado Factory ai na Rua da Misericórdia, no Chiado, claro. Quem gosta desta zona de Portugal, pode encontrar nesta loja muitos produtos que nos fazem sentir lá perto (do Alentejo, entenda-se), quem não conhece ficará a conhecer cheiros e sabores que jamais esquecerá. Vão lá dar um pulinho, e entretanto visitem aqui a loja e vejam se não tenho razão. 



Leiam também um destes posts: 

Tecnologia do Blogger.